Archive for julho, 2009

31/07/2009

Social Vibe: a arte de ajudar só com um clique

Depois que vi esse post no Lascividade, entrei na Social Vibe (sacou? sacou?)  e resolvi me engajar também.  Não custa ajudar 🙂

Perambulando pelos complementos padrão do WordPress, encontrei um em especial hoje. Se chama Social Vibe. Se trata de um projeto que visa o auxílio de várias causas. Desde proteção dos animais, até fornecimento de alimento para crianças com fome.

Qualquer dono de blog WordPress pode ajudar, basta escolher sua causa e seu patrocinador. Eu escolhi o Programa de Alimentação Mundial e como patrocinador o Body Glove. Se você não possui blog, mas quer ajudar, basta clicar em Help Now! Its FREE ali a direita. Assista ao vídeo e dê uma nota ao vídeo nas estrelinhas. Cada leitor que faz isso converte seu ato em uma doação do patrocinador a causa.

Se é recente ou não, ainda não sei, mas ainda não vi em nenhum blog e nem sequer comentado em algum lugar. Então booooora colaborar, clique ou adicione a seu blog.

Quem quiser saber um poco mais acesse Social Vibe.

Para os blogueiros aqui está o tutorial SocialVibe Widget.

Recurso também disponível para FaceBook.

PESSOAS REAIS.

PATROCINADORES REAIS.

IMPACTOS REAIS.

Anúncios
31/07/2009

Dia do orgasmo

E ainda é sexta! Vamos todos aproveitar e comemorar bastante!

30/07/2009

Like it rough

Porque homem com pegada é essencial…

39145398

“Need a man who likes it rough
Likes it rough, likes it rough

Tags: ,
28/07/2009

Se eu fosse habilidosa…

Minhas viagens de metro seriam muito mais divertidas.

Ou vai dizer que não é um esporte digno de olimpíadas?

Invejo-as.

26/07/2009

Fucking caveman

Não adianta. Um amigo meu diz que ele parece ter um ovo na boca quando fala. Mas eu não me importo. Cada vez que vejo essa cena sinto tods os pelos d meu corpo se arrepiarem de antecipação pelo momento em que ele grita no ouvido da Julia Roberts “Because I’m a fuckin caveman”. Eu, no lugar dela, teria me atirado no peito dele e implorado pra ele me comer ali mesmo, na escada.

É claro que essa cena me fala muito mais. Como por exemplo, o interesse do Lary em saber de-ta-lha-da-men-te onde e como Anna traiu ele com o Dan. A necessidade que ele tem em fazê-la relatar os gozos, as posições e até o gosto do outro. Claro que no fim ele quer humilhá-la, mas me pergunto: será que todo homem não têm, dentro de si, aquela vontadezinha de ver sua mulher na cama com outro?

25/07/2009

Conforto versus Sensualidade

Como menina, fui sempre educada a buscar o conforto. Afinal, eu tinha que correr por aí, subir em muros e ávores, jogar bola, pular corda e elástico, e se minha roupa não fosse o mais confortável possível, ela simplesmente ficava perdida pelo chão enquanto eu brincava. Quando adolescente e os seios começando a aparecer, uma nova preocupação surgiu: o sutiã. Na verdade, sempre foi um top mais apertadinho sozinho u por baixo de uma blusa. A calcinha de algodão sempre lá. Quando menstruada, a mais comfortável sempre.

E aí começamos a namorar. E passamos a perceber que o mundo das lingeries vão muuuuito além do que nossas mães nos ensinaram. Os filmes, novelas, comerciais começaram a mostrar coisas que nós nunca sonhamos em usar quando novinhas. E o desconforto sempre nos vinha a mente, como fator contrário ao uso daquelas lindas peças de renda. E aí um questionamento surge: devemos prezar pelo nosso conforto ou partir pra sensualidade recém descoberta?

Eu optei por um meio termo. Gosto do meu conforto, mas quando acordo com o diabinho no ombro, diminuo consideravelmente o tamanho da calcinha 😉

Meninos… e vocês? O que querem de nós?

Conforto

Ou um pouco mais de sensualidade?

23/07/2009

As primeiras coisas primeiro

Vim pensando em como estreiar esse blog e foi um tanto quanto difícil. A gente sempre quer chegar causando impacto, tapete vermelho, paparazzi e tal. Mas resolvi ir com calma. Afinal, você quer saber coisas sobre quem você conhece, certo? Então pra quebrar o gelo, me apresento.

Sou a Carioqueenha, prazer. 21 anos, moro no Rio desde sempre, namoro, mas meu blog é anônimo. Tão anônimo que nem ele sabe dele. Depois de muito passear pelo PD, resolvi descobrir o que tinha no mundo dos blogs sobre o que eu mais gosto: sexo. E resolvi que, talvez, seria legal eu criar o meu próprio blog e dividir mais de mim com a rede.

Não sou muito boa com isso, mas prometo me esforçar. Espero que gostem.

Beijinhos

Tags: